19/set/2012

[Resenha] Qual seu número? – Karyn Bosnak

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

Editora: Novo Conceito
Autor: Karyn Bosnak
ISBN: 9788563219893
Número de páginas: 414
Avaliação:
Comprar: Submarino | Livraria Saraiva

 

Estava com vontade de ler um livro bem “de mulherzinha” e esse veio na hora certa. Me diverti muito com os causos da Delilah, uma quase balzaquiana que de repente se dá conta de que já saiu com caras de mais e nunca teve um relacionamento firme. O medo de Delilah é o mesmo de muitas mulheres: ficar sozinha. Então, pra não aumentar ainda mais o número de “ex-amores” e colocar um ponto final em sua solidão ela parte em uma jornada atrás de cada um dos caras com os quais já se relacionou, tentando um revival com cada um deles. Sim, por que além de chick-lit o livro também é quase um road-lit. Delilah aluga um carro e encara a estrada para reencontrar seus ex-amores. Nessa busca ela se mete em tantas enrascadas que é impossível não cair de amores pela protagonista, tão atrapalhada quanto cheia de boas intenções.

O livro é grande, 414 páginas, e mesmo assim não cansa. Recheado de notas de rodapé hilárias, narrado na primeira pessoa, você sente como se estivesse ouvindo Delilah contar a sua história. O fato de ter muitas páginas confirma um dos traços da personalidade de Delilah, que demonstra ser extremamente falante e afobada. E muito carismática, pois logo nas primeiras páginas você já está torcendo loucamente por ela. Além disso, também gostei muito do cuidado no começo de cada capítulo, com brincadeiras das mensagens recebidas por Delilah em sua secretária eletrônica e o mapa dos lugares pra onde ela estava indo. É muito legal encontrar livros assim, onde a parte gráfica soma na apresentação da história.

Um dos personagens mais marcantes pra mim, foi o vô da Delilah. Mesmo na 3ª idade ele é mais animado que muita gente e trata Delilah com um carinho imenso, ao mesmo tempo que lhe dá os melhores conselhos amorosos possíveis. Conselhos, aliás, que são decisivos para a conclusão do livro. Não posso falar muito, mas vocês vão saber quando ler. ;) Outra personagem legal é a cachorrinha da Delilah, a Eva. Delilah decide comprar a cachorrinha no meio da viagem, pra se reaproximar de um dos seus ex e com esse amor canino ela aprende mais sobre o amor em si.

Mesmo parecendo uma história louca, cada coisa que Delilah apronta serve como base para que ela encontre seu próprio caminho e descobra que números não são tão importantes assim. É um livro muito divertido e cativante, vale a leitura!

tadsh
05/set/2012

[Resenha] Branca de Neve e o Caçador – Lily Blake, Evan Daugherty, John Lee Hancock, Hossein Amini

Há dez anos, a vingativa Rainha Ravenna assassinou o rei na mesma noite em que se casara com ele. No entanto, dominar o reino tornou-se um sofrimento para a Rainha. Para salvar seus poderes, ela deve devorar um coração puro, e Branca de Neve é a única pessoa com esse coração. A fim de capturá-la, Ravenna recorre ao Caçador, o único homem que já se aventurou pela Floresta Sombria e sobreviveu. Branca de Neve será morta pelo Caçador? Ou será treinada por ele e se tornará a melhor guerreira que o reino já conheceu?

Editora: Novo Conceito
Autores: Lily Blake, Evan Daugherty, John Lee Hancock, Hossein Amini
ISBN: 9788581630182
Número de páginas: 208

Avaliação:
Comprar: Submarino | Cultura

 

Eu simplesmente amei essa nova versão da história da Branca de Neve. Não que eu não goste da versão original, mas nessa nova roupagem a princesinha dos contos de fadas surge muito com mais atitude e bem mais interessante. Depois de passar dez anos enclausurada, Branca de Neve conquista a liberdade e junta aliados para reconquistar seu reino e retomar a paz para o seu povo. É bem diferente imaginar uma princesa assim, guerreira e sem frescura, por isso a história se torna tão legal e surpreendente.

Este é o livro do filme homônimo lançado este ano e estrelado por Kristen Stewart. Se você já viu o filme, não vai encontrar muitas surpresas no livro, que é um retrato fiel do que foi visto nas telonas. O diferencial fica por conta, talvez, do belo tratamento gráfico dado pela editora ao livro, que vem com um cuidado todo especial na abertura de cada capítulo. É mesmo um livro para quem se apaixonou pela história e quer colecionar artigos que remetem a ela.

Ou seja, se você viu o filme e se apaixonou pela princesa de Kristen Stewart, não pode deixar de ter o livro!

tadsh
30/ago/2012

[Desejo Literário do Dia] Bienal do Livro Rio 2013

Há poucos dias terminou a Bienal do Livro de São Paulo e eu já estou animada para a Bienal do Livro Rio. :D Fico imaginando o Eduardo correndo pelos corredores e escolhendo os livros que ele vai querer. Falta muito? rs.

A XVI Bienal do Livro do Rio, que acontecerá de 29 de agosto a 08 de setembro de 2013 no Riocentro, vai homenagear a Alemanha – terra de filósofos como Nietzsche, Kant e Marx. Ao mesmo tempo em que a Alemanha será o tema da XVI Bienal do Livro do Rio, a Feira Literária de Frankfurt de 2013 estará homenageando o Brasil.

O site da Bienal do Livro Rio já está sendo atualizado com detalhes da feira do ano que vem, acesse para saber mais e ficar tão ansiosa quanto eu! :P

Mari
28/ago/2012

[Resenha] O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson

Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente.

Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”.

O Diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.

Editora: Arqueiro
Autor: James Patterson
ISBN: 9788580410273
Número de páginas: 224
Avaliação:
Comprar: Submarino | Livraria Cultura

Eu sempre tive vontade de ler algum livro do James Patterson, li este e agora estou louca para ler outros deste autor que já é consagrado, ele sempre está na lista de mais vendidos e é um dos autores que mais faturam todo ano. :D Gostei muito da forma como ele conduz a história.

Neste livro, Katie é uma jovem editora numa prestigiada editora em Nova York, há onze meses ela namora Matt, um escritor que parece ter saído dos contos de fadas. Eles se entendem perfeitamente e eles se combinam em tudo, ele é atencioso, romântico e ela não consegue mais viver sem ele. Mas um dia, sem mais nem menos, sem nenhum aviso, ele termina com ela. Ela fica revoltada, pois eles raramente brigavam, e não havia um motivo aparente, estava tudo perfeito entre os dois, então porque ele terminou com ela?

Katie não entende e sofre com isso, até que no dia seguinte ao término ela retorna para seu apartamento e encontra um pacote deixado por Matt, dentro dele ela encontra um pequeno diário, na capa estava escrito “Diário de Suzana para Nicolas”. A única coisa que ela sabe é que Matt foi casado com uma Suzana, mas ele havia prometido que os dois não estavam mais juntos, mas quem é Nicolas? Curiosa ela começa a ler o diário e a história de Suzana e de Nicolas explicará para ela porque Matt não está ao seu lado.

Uma história linda de amor, que me fez suspirar e principalmente querer escrever um diário. Do começo ao fim a história não se torna cansativa, James Patterson sempre deixa algumas pontas soltas pela história para depois amarrá-las e isso faz com que seja difícil abandonar a leitura e deixar o livro de lado. Comecei a ler de manhã e fui dormir de madrugada porque queria terminar o livro. O livro também é bem curto, como boa parte dele é um diário, as páginas não são completamente preenchidas, então é uma leitura rápida. Acho que esse é o único problema, porque ao chegar ao fim, você quer ler mais, você quer saber mais.

É difícil não ter empatia pelos personagens, todos foram bem construídos, eu gostei da Suzana, do Matt, da Katie, do Nicolas, da mãe do Matt, dos pais da Katie, até dos vizinhos… são todos agradáveis, pessoas boas. Matt em especial é um personagem maravilhoso, ele é engraçado na dose certa, romântico como toda mulher gostaria que o namorado/marido fosse, honesto, atencioso… a lista de adjetivos não tem fim.

Este é um livro apaixonante, quem adora romance tem que ler. Eu que sou fã do Nicholas Sparks agora divido meu coração com o James Patterson, rs. :P

Mari
Página 1 de 8812345...102030...Última »
Mari. Paulista. Web Designer e Analista SEO/SEM. Completamente viciada em livros.
Saiba mais sobre mim ou faça uma pergunta.
Skoob Twitter RSS Facebook Youtube

Twitter

    Colaboradores

    Tati Lopatiuk tem 26 anos, redatora. Ama ler e lê tudo que lhe cai nas mãos! Gisele Macedo Sá

    Os Leitores

    Arquivos

    Vitrine

    Promoção

    Blogs Amigos

    Garota It
    Blog - Amo Cachorros
    Ver mais?

    Apoio

    Universo dos livros
    Ver mais?

    2010-2011 © Copyright - Mariana Frioli